Janelas da memória - diretrizes para uma intervenção

  • Autor Vinicius Martins de Oliveira
  • Data 2014
  • Orientadores Kátia Teixeira Azevedo
  • Instituição Universidade São Judas Tadeu (USJT)
  • Tema Educacional, Cultural/Esportivo, Patrimônio
Com base nos espaços, lugares e edifícios de Santa Maria-RS, adotou-se o conceito de memória-coletiva como reflexão para a arquitetura de duas maneiras: uma vinculada à história e ao desenvolvimento da cidade, representada por conjuntos urbanos e/ou edificações, como o patrimônio ferroviário local, e a sua arquitetura que deu origem a formação urbana, outra relacionada ao incêndio da boate Kiss em 27/01/2013, que mobilizou população pela transformação do local do desastre em um memorial para os seus familiares. Ao longo do processo, optou-se por incorporar novos edifícios de interesse arquitetônico e histórico, pensando um circuito de ensino cultural na área central, de acordo com as diferentes narrativas mnemônicas da população.

Janelas da memória - diretrizes para uma intervenção

Autor Vinicius Martins de Oliveira

Mais imagens do trabalho

Trabalhos relacionados

Acreditamos num trabalho colaborativo e conjunto, você pode participar enviando-nos o seu trabalho!

Enviar meu trabalho

Nossos colaboradores