Parque do Oiteiro. Entre Mata Atlântica e Baía de Todos os Santos, as ruínas de uma fábrica.

  • Autor Nayara Suíla Santiago Sacramento
  • Data 2016
  • Orientadores Rodrigo Espinha Baeta, Marta Raquel da Silva Alves
  • Instituição Universidade Federal Da Bahia (UFBA)
  • Tema Educacional, Social, Patrimônio
A proposta consiste na delimitação de um Parque Urbano, envolvendo as ruínas da antiga Fábrica São Braz - localizada no bairro de Plataforma, Subúrbio Ferroviário de Salvador – BA – e seu entorno imediato, envolvendo uma poção remanescente de Mata Atlântica – Morro do Oiteiro – e a Baía de Todos os Santos e a linha férrea à frente. Entende-se essa paisagem como um patrimônio que deve ser preservado, o que reforçaria as proteções legais já existentes para a área. Diante do Parque Urbano a estética das ruínas é mantida, propondo-se um paisagismo que se permeia o construído. Quanto aos usos, tendo em vista as demandas da população, são propostos equipamentos de incentivo à cultura e ao empreendedorismo social.

Parque do Oiteiro. Entre Mata Atlântica e Baía de Todos os Santos, as ruínas de uma fábrica.

Autor Nayara Suíla Santiago Sacramento

Mais imagens do trabalho

Trabalhos relacionados

Acreditamos num trabalho colaborativo e conjunto, você pode participar enviando-nos o seu trabalho!

Enviar meu trabalho

Nossos colaboradores